top of page

Ministério da Saúde inicia distribuição da nova vacina contra a Covid-19

Essa distribuição faz parte do lote inicial de 12,5 milhões de doses adquiridas pelo Ministério da Saúde, que chegaram ao Brasil no último dia 2

Os imunizantes foram liberados após análise do Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS) | Foto: MS

O Ministério da Saúde deu início, na última quinta-feira (9), à distribuição dos primeiros lotes da vacina atualizada Spikevax monovalente da Moderna contra a Covid-19. Os estados contemplados nessa fase inicial foram o Paraná, Goiás, Maranhão e Mato Grosso. O Paraná recebeu 136.800 doses, seguido pelo Maranhão com 90.400 doses, Goiás com 86.400 e o Mato Grosso com 47.200 doses.


Está previsto para esta sexta-feira (10), o envio dos imunizantes aos estados do Amapá, Ceará, Espírito Santo, Minas Gerais, Paraíba, Piauí, Rondônia e Santa Catarina. As demais unidades da federação receberão suas parcelas ao longo das próximas semanas.


Essa distribuição faz parte do lote inicial de 12,5 milhões de doses adquiridas pelo Ministério da Saúde, que chegaram ao Brasil no último dia 2. Os imunizantes foram liberados após análise do Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS) e são recomendados pela Organização Mundial da Saúde (OMS), além de terem sido aprovados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).


Desde 1º de janeiro de 2024, a vacinação contra a Covid-19 para pessoas do grupo prioritário e crianças de seis meses a menores de cinco anos está inclusa no Calendário Nacional de Vacinação. Além disso, o Ministério da Saúde passou a recomendar uma dose anual ou semestral para grupos prioritários com cinco anos de idade ou mais e maior risco de desenvolver formas graves da doença, independentemente do número de doses prévias recebidas.

Commentaires


bottom of page